top of page
Buscar
  • Jornal

Adolescente defende irmãs e mata padrasto com golpe de faca no pescoço



Marcos Aparecido Florêncio Ramos, de 40 anos, morreu ao ser esfaqueado no pescoço pela enteada adolescente, na cidade de Amambai, distante cerca de 351 quilômetros de Campo Grande. Momentos antes, ele disse que mataria a menor e as irmãs dela, depois cometeria atos de cunho sexual, segundo consta em boletim de ocorrência. Duas adolescentes e uma criança de 10 anos presenciaram o crime.


De acordo com a Polícia Militar, quando a equipe chegou na casa, na madrugada desta quarta-feira (3), encontrou a menor com uma faca na mão, toda ensanguentada e a mãe dela gritando: "ela matou ele", indicando para a filha. Em um dos quartos, Marcos foi encontrado com uma das mãos no pescoço, tentando estancar o sangue. Os bombeiros foram chamados, mas ele morreu.


A menor contou que a mãe chegou em casa com o padrasto e ambos estavam embriagados. Marcos, então, chamou a irmã dela de 10 anos para dormir com o casal, mas a irmã mais velha não deixou. O homem não gostou e os dois passaram a discutir. A adolescente afirmava que não era para Marcos estar ali, porque agredia a esposa.


Foi quando o homem empurrou a jovem, que caiu depois foi imobilizada por ele. A adolescente, então, afirmou que chamaria a Polícia Militar. Na sequência, Marcos respondeu que ficaria preso, mas depois de solto iria matar a jovem e as irmãs dela. Depois, falou que faria algo "bem devagar", de cunho sexual.


A adolescente, nesse momento, pegou uma faca e desferiu contra o pescoço do padrasto.


Segundo a Polícia Militar, a mãe da menor a todo momento hostilizava a filha e dizia que Marcos era um bom homem. As outras filhas da mulher, duas adolescentes e a criança de 10 anos, presenciaram a briga.


Via campograndenews

128 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page