top of page
Buscar
  • Jornal

PM quebra vidro de carro no chute para resgatar bebê de 1 ano que ficou presa


Policiais Militares quebraram no chute o vidro de um carro para salvar uma bebê, de 1 ano, presa no veículo, em Dourados (MS). A ocorrência foi registrada em vídeo e compartilhada pelo Grupo Especializado Tático em Motocicletas (Getam) nas redes sociais neste sábado (12).


De acordo com os policiais que participaram da ocorrência, a criança teve que ser hidratada logo após ser retirada do carro. Em Dourados (MS), cidade onde ocorreu o resgate, faziam 35ºC de máxima.


O policial comentou que junto dos colegas do Getam, os cabos Diego Santana e Antoniazi, receberam o pedido de socorro e foram de imediato ao local. Assim que avistaram o carro, os policiais encontraram a criança chorando muito e suada.



"Chegamos no local e avaliamos a situação. Como a criança estava na parte traseira do carro, a parte da frente não estava comprometida. Quebramos o vidro. Não voou estilhaços na criança. Não pensamos duas vezes. Visando o bem da criança, quebramos o vidro e resgatamos a criança. ", relatou o sargento.

Foto: PMMS/Reprodução

O sargento lembrou que o dia estava bastante quente e a criança estava suada e chorava muito quando foi resgatada.

Ao g1, o policial comentou que a bebê ficou presa no carro por um ato de descuido da mãe. O sargento explicou que a mulher foi descer do veículo para pegar a filha no banco traseiro. Neste momento, um vento fechou a porta.

"Ela foi descer do veículo e quando ia abrir a porta de trás, a porta da frente fechou e travou o carro. A chave ficou dentro do veículo. Logo depois a mulher ligou para a polícia para fazer o resgate. Por ser um deslocamento rápido, a central empenhou a equipe com as motocicletas", lembrou o sargento.

Além da bebê, a mãe da criança também foi socorrida pelos bombeiros. A mulher ficou muito nervosa ao ver a filha presa no carro. Mãe e filha receberam primeiros socorros e foram liberadas


📸foto(Reprodução)

fonte: G1MS

31 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page